O que é Kirigami? Descubra os segredos desta arte!

kirigami

O que é Kirigami? Toda vez que me perguntam sobre minha ocupação e eu respondo “trabalho com Kirigami”, as pessoas exibem uma expressão que sugere que entenderam a palavra erroneamente, balançam a cabeça e dizem “ahhh, tá”, mas não conseguem compreender completamente o que expliquei.

Portanto, sempre que tento explicar, ilustro manualmente o processo de abertura e a formação de uma figura tridimensional. Se a pessoa ainda não entender, eu mostro em meu celular alguns dos meus trabalhos.

Explorando o Fascinante Mundo do Kirigami: Uma Jornada pela Arte do Papel Cortado e Dobrado.

No vasto universo das artes manuais, o kirigami emerge como uma expressão singular, uma forma única de transformar folhas de papel em obras de arte tridimensionais por meio de cortes precisos e dobras habilidosas.

Neste mergulho no intrigante mundo da arte em papel, exploraremos desde o significado da palavra até a sua origem, seus benefícios, suas aplicações e culminando na compreensão dos aspectos que o diferenciam do origami.

Significado da Palavra Kirigami

O que significa kirigami

Antes de começarmos a falar da arte do kirigami, é fundamental compreender o significado intrínseco dessa palavra. Derivado do japonês, “kiri” significa cortar, enquanto “gami” se refere ao papel.

Assim, kirigami pode ser literalmente traduzido como “cortar papel”. Essa definição simples, porém precisa, reflete a essência da prática, que envolve a manipulação cuidadosa de folhas de papel para criar formas intricadas e belas.

A beleza desta arte oriental reside na fusão da simplicidade do papel com a complexidade das formas que podem ser alcançadas por meio de cortes estratégicos.

É uma celebração da transformação de algo aparentemente comum em algo extraordinário, revelando o potencial artístico presente mesmo nos materiais mais simples.

Origem da Arte

Origem desta arte em papel

A origem do kirigami é muito incerta, contudo, alguns historiadores acreditam que a arte tenha se iniciado na China, através dos monges que faziam esse tipo de dobradura como oferendas aos deuses.

Ainda assim, existem outros que acreditam que ela esteja ligada à cultura japonesa, onde os trabalhos manuais com papéis sempre desempenharam um destaque significativo.

Apesar de a prática de cortar papel parecer contemporânea, suas origens remontam à tradição japonesa, datando do século XVII.

Os primeiros registros desta arte em papel datam de uma técnica chamada “katagami”, na qual padrões intricados eram cortados em papel para serem usados como moldes em tingimento de tecidos.

Essa prática gradualmente evoluiu para o que hoje conhecemos como kirigami, à medida que artistas exploravam as possibilidades de criar formas mais elaboradas e esculturais.

Período Edo

Durante o ‘Período Edo’ no Japão (1603-1868), o kirigami destacou-se como uma forma de entretenimento, especialmente em festivais e cerimônias. Os artistas habilidosos desenvolveram técnicas refinadas, passando o conhecimento de geração em geração.

Vocês podem ver que é difícil estabelecer a origem exata do kirigami, mas uma coisa que podemos com certeza afirmar é que, esta arte só se espalhou pelo mundo graças ao sr. Masahiro Chatani, professor de arquitetura do Instituto de Tecnologia de Tóquio.

Criador do "Origamic Architecture"

Masahiro Chatani

Em 1981, Masahiro Chatani desenvolveu a técnica que ele denominou de “Origamic Architecture”, se traduzirmos ao pé da letra seria “Arquitetura Origâmica”, mas ficou conhecida mundialmente como “kirigami”, pelo próprio significado da palavra, conforme escrevemos no tópico anterior.

Masahiro Chatani nasceu em 02/1934 em Hiroshima e faleceu em 11/2008, sua primeira exposição do “Origamic Architecture” foi em 1982 no Ginza Matsuya Design Gallery (Tokyo), seu primeiro livro foi lançado em 1983 – Origamic Architecture, Shokokusha, Tokyo.

Como ele afirmou no seu livro “Origamic Architecture of Masahiro Chatani”, embora inspirado no tradicional Origami, ou papel dobrado, não é papel dobrado nem cortado, mas uma versão do século XX do livro infantil pop-up, mas também foi influenciado pelo modelo “Okoshi-e” ou papel dobrável foi usado para projetar casas de chá.

Arquitetura Origâmica

A Arquitetura Origâmica pode ser considerada um desenvolvimento do Okoshi-e, do Origami e da alegria das crianças brincando como modelos simples.

Explora o mistério da transformação do plano bidimensional para o tridimensional. Embora seja da era do computador, a experiência não é do computador, mas da imaginação humana.

A Arquitetura Origâmica também pode ser considerada como uma ponte entre os tempos antigos e modernos e entre as culturas do Oriente e do Ocidente.

As peças variam entre explorações de rotações de 90º, 180º e 360º. Esses modelos são criados para diversão, exploração e entretenimento. 

Toque-os, mova-os, dê-lhes vida, desfrute-os, encontre-os e compreenda-os. Mas eles não podem ser compreendidos adequadamente até que você os torne parte de sua experiência!

No seu livro nº 08 (o oito é um número da sorte de acordo com a figura japonesa, conotando prosperidade crescente com o passar do tempo) apresenta uma coleção de assinaturas de arquitetos famosos.

Quando convidado para festas de arquitetos cujas assinaturas gostaria de acrescentar à sua coleção, carregava no bolso 2 peças de versões Origâmicas de suas obras prima, ele presenteava com uma e a outra pedia a assinatura do arquiteto.

A Diferença entre Origami e Kirigami

Diferença entre origami e kirigami

Embora ambos compartilhem a habilidade de manipular papel de maneira artística, origami e kirigami são duas formas distintas de expressão.

A diferença fundamental reside no modo como o papel é transformado: dobrando no caso do origami e cortando no caso do kirigami.

Significado do “ORIGAMI”, “ori” vem do verbo “oru” que é dobrar, e “gami” vem da palavra “kami” que significa papel.

O origami, originário do Japão, destaca-se pela criação de formas apenas através de dobras. 

As peças origami são concebidas a partir de uma única folha de papel, e o desafio está em dobrar e modelar o material para alcançar diferentes figuras, desde animais até formas geométricas complexas.

Por outro lado, o kirigami permite uma abordagem mais escultural, incorporando cortes ao processo criativo. As folhas de papel são transformadas em verdadeiras obras tridimensionais por meio de uma combinação de dobras e cortes precisos.

Essa flexibilidade adicionada oferece ao praticante a capacidade de explorar um espectro mais amplo de formas e modelos.

Ambas as práticas compartilham a beleza da simplicidade do papel, bem como a paciência e destreza necessárias para criar peças impressionantes. No entanto, a escolha entre origami e kirigami muitas vezes reflete a preferência individual do artista, com alguns optando por se dedicar à pureza das dobras, enquanto outros são atraídos pela complexidade dos cortes.

Em resumo, enquanto o origami e o kirigami compartilham raízes culturais comuns e a habilidade de transformar papel em arte, a distinção crucial entre eles está na abordagem: dobras versus cortes.

Ambos são testemunhos da criatividade humana e da capacidade de transformar algo tão simples quanto uma folha de papel em algo verdadeiramente extraordinário.

O Kirigami como Terapia Criativa

terapia com recortes e dobras

Aplicações Contemporâneas do Kirigami

Embora o kirigami tenha raízes profundas na tradição japonesa e chinesa, seu apelo transcende fronteiras culturais, influenciando diversas áreas além da arte puramente decorativa.

Nos dias de hoje, designers e engenheiros incorporam essa técnica oriental em diversas disciplinas, criando desde cartões pop-up até estruturas arquitetônicas inovadoras.

Na arquitetura, por exemplo, o kirigami inspira a criação de estruturas flexíveis que podem se adaptar a diferentes condições climáticas. 

Fachadas de prédios que se abrem e fecham como peças de papel, proporcionando sombra e ventilação controlada, são apenas um exemplo de como essa antiga arte pode informar as soluções contemporâneas.

No campo da moda, estilistas exploram esta arte para criar peças de roupa únicas e expressivas. Vestidos que se desdobram em padrões complexos quando em movimento, ou acessórios que incorporam elementos kirigami, mostram como a tradição pode se fundir com a modernidade, resultando em criações verdadeiramente inovadoras.

No artesanato, mesmo com toda facilidade de criação e impressão de convites sociais tradicionais, os convites em kirigami conseguem se destacar, surpreendendo e encantando os convidados com modelos únicos e tridimensionais.

Na saúde, terapeutas estão sugerindo também o kirigami como uma alternativa para aumentar a concentração, criatividade e coordenação motora, começando com modelos simples

Desafios Contemporâneos desta arte em papel

Apesar de sua longa história e popularidade global, o kirigami também enfrenta desafios na era contemporânea. Com a ascensão da tecnologia digital, alguns temem que as artes tradicionais, incluindo o kirigami, possam ser esquecidas ou perder relevância. 

No entanto, muitos artistas e entusiastas estão trabalhando ativamente para preservar e promover esta arte oriental, utilizando plataformas online para compartilhar tutoriais e ebook’s, inspirar novas gerações e manter viva essa rica tradição, ajude-me fazendo isso também, ok!

Kirigami - Conclusão

Agora você sabe o que é kirigami.

Ao explorarmos o fascinante universo do kirigami, descobrimos não apenas uma forma de arte, mas uma janela para a rica tradição japonesa e a expressão criativa humana.

Desde suas origens modestas no século XVII até a expansão global contemporânea, esta arte oriental continua a encantar e inspirar, provando que, por trás de cada corte preciso, reside uma história única e cativante.

No cruzamento entre a tradição e a inovação, o kirigami nos convida a apreciar a beleza na simplicidade, a complexidade nas formas aparentemente simples e a conexão duradoura entre as gerações que preservaram e aprimoraram essa arte ao longo do tempo. Que cada dobra e corte sirvam como uma celebração da criatividade humana, transformando algo tão ordinário quanto papel em uma expressão verdadeiramente extraordinária.

9 comentários em “O que é Kirigami? Descubra os segredos desta arte!”

  1. Pingback: kirigami moldes
  2. Pingback: kirigami fácil

Deixe um comentário